CUIDADOS GERAIS COM OS PÉS

Não basta, apenas, visitar a pedicure. É importante ter cuidados diários com os pés. Não só está a contribuir para que fiquem impecáveis no Verão, quando usa sandálias, mas também a contribuir para o seu bem-estar!

Limpe os pés - A pele dos pés é mais espessa e resistente do que a de outras áreas do corpo, por isso facilmente a sola fica com calosidade e células mortas. Assim, para retirar o excesso de calosidade deve se procurar um podologo mensalmente para executar o procedimento nescessário e com segurança.
Unhas impecáveis - Corte as unhas de quinze em quinze dias, de preferência depois do banho. Use um alicate ou uma tesoura para, as cortar. Também pode simplesmente apará-las com uma, lima, sobretudo se for regularmente à pedicure. Não deve cortar demasiadas as unhas, nem deixá-las muito compridas. O fato de estarem muito compridas contribui para a acumulação de resíduos e traumas; e se as cortar demasiado pode correr o risco de lhe encravar.
Cuidado com a cuticúla - Para ter umas unhas apresentáveis, o ideal é empurrar a cutícula cuidadosamente com uma espátula própria. O excesso de pele pode ser removido com o alicate, mas tem de ter muito cuidado, pois pode correr o risco de ter uma inflamação. Se não estiver habituada a retirar o excesso de pele, depois de empurrar a cutícula, o melhor é deixar esta tarefa para a pedicure.
Lave muito bem os pés - Lave muito bem os pés! Não basta deixar que escorra a água enquanto toma uma ducha. Deve passar com a esponja entre os dedos. Depois o banho, é importante secar muito bem os pés, pois a umidade acumulada pode dar origem a micoses e pé de atleta (frieiras).
Calos o que fazer - O uso de sapatos apertados, não arejados e de salto alto facilita o aparecimento de calos. Este deve ser retirado por uma especialista. Mas, a calosidade que costuma aparecer na zona dos calcanhares e na sola dos pés não passa de uma reação natural da pele ao atrito causado pelo andar, pela má postura ou pelo uso de certo tipo de calçado. Para atenuar esta calosidade, deve se procurar um podologo mensalmente, para realizar o procedimento necessário. Corrigir a postura e usar calçado confortável. Se não fizer nada, a calosidade acumula o que é pior, pois causa incômodo e dores.
• Algumas rachaduras ocorrem por se andar muito descalço, ou com sandálias e tamancos abertos. Além disso, intoxicação, má circulação, mal funcionamento dos rins e doenças da pele também causam rachaduras nos pés e ressecamento.
• Lixar demais os pés deixa a camada da pele mais fina, obrigando o organismo a renová-la, deixando mais dura e espessa. O melhor é lixar bem pouquinho ou não lixar, e hidratar muito.
• Não cortar calos, cutículas e cantos das unhas
• Não usar escalda-pés ou bolsas de água quente ou gelo
• Fazer o auto-exame: calos, cortes, ulcerações

 







CONSELHOS COM PÉS DE CRIANÇAS

• corte as unhas das crianças quando estas estão dormindo utilizando um alicate de corte para que o corte seja reto também e se necessário lixar os cantos da mesma
• nunca deve obrigar a criança a andar sem que esta esteja realmente preparada para tanto,
• A maioria dos aparentes defeitos dos pés durante o primeiro ano são naturais e devem normalizar no decorrer dos anos,
• se aos três anos continuar a manifestar alterações (dor nos pés, cair várias vezes, manifestação de problemas ao andar, dor à noite, alterações na estrutura dos dedos, etc.) deverá consultar um podologo,
• não esqueça que quando cortamos mal nossas unhas geralmente também as cortamos mal a das crianças,

 




DICAS IMPORTANTES PARA PÉS DE DIABÉTICOS

O objetivo do podólogo no tratamento do pé diabético é reduzir a incidência de problemas graves de infecções, ulceração, gangrena e perda dos membros inferiores, alertando sobre alterações que podem ser tratadas de início.

Use calçados confortáveis, compre-os preferencialmente no final do dia, pois seus pés estarão mais inchados.Prefira os calçados de couro fino, sola maleável, sem costuras interna.O calçado não pode ser apertado.Verifique se todos os dedos estão se movendo dentro dos sapatos, dando maior conforto, ao, seus Pés.Comece usando poucas vezes ao dia, até que esteja perfeitamente acostumado.Vista sempre, meias, limpas, elas devem ser folgadas, sem costuras, rígidas, e trocadas diariamente.
Nunca ande, descalço mesmo em casa, pois pequenos traumas (acidentes) podem resultar em feridas Principalmente em terrenos abrasivos e sol forte, podendo queimar a sola dos pés, devido ao solo quente.Na praia, use chinelos e quando voltar lave bem os pés. Após o banho, seque bem seus pés, atenção voltada para o meio dos dedos.Você pode usar álcool com finalidade de desinfectá-los. Prefira sabonetes neutro de glicerina para os Pés. Não se esqueça do creme hidratante para os Pés. (Apropriado). Se houver calos, calosidades, fissuras (rachaduras), frieira ou alterações de cor ou ulceras (feridas), mesmo que não causam dor, deve-se considerar um sinal de alerta. Neste caso procure um profissional Podólogo.

OBS: Não manipule por si só, e nem deixe pessoas não capacitadas os faça. Corte as unhas sempre em ângulo reto e as lixe delicadamente. O uso de Palmilhas especiais é útil por ajudar distribuir o peso do corpo por toda superfície plantar.

Obs.: Não se esqueça de fazer seu exame ou uma avaliação regularmente com profissional.
-Deixar sempre secos e limpos
-Cortar as unhas corretamente
-Cuidar de lesões no início
-Limpar ulcerações
-Usar calçados confortáveis
-Não andar descalço
-Hidratar a pele (pós banho)